Anvisa autoriza Ease Labs a produzir canabidiol no Brasil

Anvisa autoriza Ease Labs a produzir canabidiol no Brasil

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Ease Labs fabricará o produto, que poderá ser comprado em farmácias e drogarias, por meio de receita especial e mediante prescrição médica

Anvisa autoriza Ease Labs a produzir canabidiol no Brasil

Com informações da Agência Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou nesta segunda-feira (28) a fabricação de mais um produto à base de cannabis em território nacional, desta vez pela empresa mineira Ease Labs Laboratório Farmacêutico.

Segundo a Agência Brasil, antes dessa liberação, outros 22 produtos derivados da cannabis foram autorizados pelo órgão. Destes, 13 são outras versões do canabidiol.

A concentração do produto deverá ser de 100mg/mL de canabidiol e, de acordo com as normas da Anvisa, o produto não deve conter mais que 0,2% de tetrahidrocanabinol (THC). Sua venda poderá ser feita em farmácias e drogarias, mediante prescrição médica, por meio de receita especial do tipo B, de cor azul.

A autorização está no site da agência e apresenta todas as informações do produto, como rótulo, embalagem e folheto informativo. 

Há também um termo de consentimento, a ser preenchido e assinado pelo paciente, formalizando seu conhecimento dos possíveis efeitos adversos da utilização do canabidiol.

Leia também: Instituto Anandamida lança guia de prescrição de cannabis medicinal

A Ease Labs tem permissão para a fabricação de produtos à base de cannabis desde agosto de 2022 mas, com a proibição do cultivo da planta no Brasil, a farmacêutica precisa importar os insumos para a produção.

A matéria-prima que vem de fora não chega a ser a planta, mas uma espécie de cera, com uma concentração mais bruta, ou concentrada.

Dessa forma, são feitas em solo brasileiro a purificação do insumo e a fabricação do produto, no intuito de baratear a produção. Os preços de venda ainda não foram divulgados.

Green Week na Cannect: oportunidades para todos

Você sabia que a compra de cannabis para fins medicinais no Brasil é regulamentada desde 2015? Pois é, com o avanço da regulamentação, o comércio canábico tem tido cada vez mais espaço no Brasil.

Acreditando nessa na Revolução Verde, a Cannect está promovendo GreenWeek até o dia 30 de novembro, com condições especiais para pacientes, com produtos mais acessíveis, pagamento em três vezes sem juros e frete grátis (consulte condições). Vem de zap para saber mais e marcar sua consulta.

Além disso, a Dr. Cannabis, a vertical de educação da Cannect, está com até 52% de desconto em cursos sobre cannabis para profissionais da saúde e público em geral, além empreendedores do mercado canábico. Aproveite! Os cursos são online. Inscreva-se agora.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas