App fará parte de um estudo para mapear os ‘tipos’ de cannabis

App fará parte de um estudo para mapear os ‘tipos’ de cannabis

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Voluntários vão participar de uma pesquisa através de um aplicativo para entender como diferentes formas de cannabis podem tratar condições médicas

Foto: Freepik

Texto traduzido do MPB News

Está em andamento um novo programa de pesquisa no Mississipi, nos Estados Unidos, que  visa informar qual a melhor cepa de cannabis e qual o melhor método de administração para cada necessidade.

A pesquisa será feita por meio de um aplicativo que irá receber feedbacks dos usuários sobre os resultados do tratamento com cannabis.

Angie Calhoun, CEO da Mississippi Cannabis Patients Alliance, diz que a ideia surgiu porque os pacientes gastam facilmente milhares de dólares tentando descobrir qual cepa da cannabis é mais adequada para o seu tratamento.

“No futuro, quando as pessoas entrarem no dispensário, haverá menos testes. Eles estão ajudando outros pacientes que vão ser capazes de dizer: ‘Ok, eu tenho essa condição e vou para ser capaz de tratá-la com este produto’”, diz Calhoun.

Aplicativo para a coleta de dados

A pesquisa será coletada por meio do aplicativo Releaf e os dados serão disponibilizados aos pesquisadores da Universidade do Mississippi, bem como ao dispensário que vendeu o produto.

Os pacientes poderão registrar anonimamente o que compraram e como isso afetou seu corpo, como sono, humor e dor semelhante a um diário digital.

Larry Walker é o diretor interino do Centro Nacional de Pesquisa e Educação sobre Cannabis da Universidade do Mississippi. Ele realiza pesquisas federais sobre a cannabis há mais de 50 anos e diz que isso seria um grande passo para pesquisar os resultados dos pacientes.

“Seria ótimo entender os benefícios que podem ser derivados disso, quais doses, quais meios de administração, para quais condições eles são benéficos”, diz Walker.

O aplicativo Releaf já está disponível em várias lojas de aplicativos, e os pesquisadores dizem que levará tempo para coletar esses dados à medida que mais dispensários e formas de cannabis estiverem online no Mississippi.

Conte com a gente 

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar desde achar um médico prescritor até o processo de importação do produto. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas