Campanha de “Compra Legal” une empresas e governantes pelo incentivo ao comércio regulamentado de cannabis nos EUA

Campanha de “Compra Legal” une empresas e governantes pelo incentivo ao comércio regulamentado de cannabis nos EUA

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

A iniciativa promove um rótulo orientando para produtos de cannabis que são de alta qualidade, seguros e testados.

Rótulo promovido pela campanha “Buy Legal”. Imagem: Reprodução

Foi anunciado na última quinta-feira (27) durante um evento sobre empreendedorismo em Nova Orleans, um movimento de esforço conjunto chamado “Buy Legal” (“Compre Legal”) envolvendo governantes e importantes empresas do setor canábico norte-americano, como informa o site Marijuana Moment.

A campanha, liderada pelo USCC (US Cannabis Council, ou Conselho Estadunidense da Cannabis) é destinada a educar e incentivar os consumidores sobre os riscos de comprar produtos de cannabis fora dos mercados regulamentados.

Empresas canábicas, incluindo Canopy Growth, Columbia Care, Cresco Labs, Cronos Group, Curaleaf, Jushi, PAX, Viola e Wana, são parceiras da campanha, que também está sendo apoiada pelo governador de Nova Jersey, Phil Murphy.

A iniciativa promove um rótulo “Compre Legal” para produtos de cannabis que atendam aos padrões da coalizão. A marca simboliza que os produtos são de alta qualidade, seguros e testados.

Leia também: Jornada educativa sobre cannabis medicinal promovida pela Cannect tem inscrições abertas

Em um comunicado à imprensa, o governador Phil Murphy afirmou que o mercado bem regulado de cannabis “catalisou o crescimento econômico da comunidade e estabeleceu padrões para a segurança de produtos”. 

Murphy aposta na campanha para minimizar os riscos que a compra irregular representa para os consumidores, como os danos à saúde provocados por vaporizadores sem controle de qualidade ou a presença de contaminação em produtos de cannabis sem testes.

Para o governador, “nem a cannabis está imune ao mercado ilegal”. “Esta campanha ajudará a proteger a capacidade das empresas locais e regulamentadas de cannabis de continuarem a fazer negócios de maneira segura e responsável e proteger a segurança dos consumidores enquanto reinvestem nas comunidades”, explica.

Mercado de Cannabis

No Brasil, o mercado de produtos à base de cannabis é muito promissor. A Dr. Cannabis oferece um curso introdutório de 40 minutos para quem quer ter mais informações sobre esse setor e suas oportunidades. Custa menos de R$100. Inscreva-se aqui

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas