Deputado propõe o cultivo de cannabis por universidades em SP

Deputado propõe o cultivo de cannabis por universidades em SP

Sobre as colunas

As colunas publicadas na Cannalize não traduzem necessariamente a opinião do portal. A publicação tem o propósito de estimular o debate sobre cannabis no Brasil e no mundo e de refletir sobre diversos pontos de vista sobre o tema.​

Autor da lei que regulamentou a distribuição da cannabis no SUS, Caio França agora pensa no cultivo e produção nacional para baratear os custos

Deputado propõe o cultivo de cannabis por universidades em SP
Foto: Assessoria

No dia da maconha (20 de abril), o deputado Caio França (PSB) propôs um novo projeto de lei sobre a cannabis em São Paulo. Dessa vez, para o cultivo e produção de produtos à base de cannabis por universidades do estado.

De acordo com o deputado, a nova proposta é uma forma de redução de custos pelo governo na aquisição dos produtos, que foram incluídos na distribuição gratuita pelo SUS (Sistema Único de Saúde) no começo do ano.

Além do incentivo à pesquisas sobre a planta no país e a produção local. Apesar do número de novos pacientes que utilizam a cannabis ter crescido, a maioria ainda recorre às importações.

Mais pesquisas, por favor

O uso da cannabis como tratamento tem crescido de forma exponencial no Brasil, mas os estudos ainda são insuficientes para comprovar a eficácia para uma série de condições médicas.

Em uma decisão histórica no final do ano passado, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou o cultivo de Cannabis pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para desenvolvimento de pesquisa científica.

Essa foi a primeira vez que a agência permitiu o cultivo da planta para fins científicos no Brasil. 

“Este é um caminho sem volta. Temos consciência de que muitas patologias que poderiam ser beneficiadas com a medicina canabinoide não possuem evidência científica comprovada para que haja uma recomendação médica segura e eficiente, dessa forma, esse é um papel que cabe às universidades públicas: desenvolver pesquisas.”, ressalta o deputado.

Legislação brasileira

No Brasil, a cannabis é aprovada apenas para fins medicinais e só pode ser comprada com receita médica. 

Atualmente, ela pode ser adquirida através de importações, nas farmácias e até por associações de pacientes. 

Caso precise de ajuda, disponibilizamos um atendimento especializado que poderá esclarecer todas as suas dúvidas, além de auxiliar desde a achar um médico prescritor até o processo de importação do produto. Clique aqui.

Tags:

Artigos relacionados

Relacionadas