• 16 de maio de 2022

Por que os olhos ficam vermelhos depois de usar maconha?

 Por que os olhos ficam vermelhos depois de usar maconha?

Foto:Weed Girls

Se você pensava que era por causa da fumaça, está enganado, pois a condição pode aparecer até no consumo de comestíveis.

 Fumar maconha não causa só o relaxamento do corpo, mas também uma série de outros sintomas, como sonolência, angústia e principalmente fome, a famosa larica. Mas outra reação que também não fica de fora, são os olhos vermelhos.

Muitos consumidores não gostam dessa reação, pois não querem que as pessoas pensem que ela está chapada, contudo, é uma reação presente em quase todo mundo que utiliza a cannabis. 

Alguns podem pensar que isso ocorre por causa da fumaça, ou a falta de costume em usar a maconha. Outros até podem associar a algum problema de saúde.  Mas o que realmente acontece?

Foto: Weed Girls

Explicação por trás dos olhos vermelhos

A explicação é bem simples. A presença do tetraidrocanabinol (THC), substância que gera os efeitos alucinógenos da maconha, baixa a pressão arterial, que consequentemente, dilata os vasos sanguíneos. 

Isso acontece porque a maconha gera um aumento da pressão arterial e frequência cardíaca, que diminuem cinco a 10 minutos depois do fumo. Então, há uma redução da pressão e o fluxo sanguíneo aumenta, causando a vermelhidão.

A intensidade pode variar de acordo com a quantidade de THC ingerida. Se uma pessoa consome uma cepa com uma quantidade maior da substância, os olhos tendem a ficar mais vermelhos, por exemplo.  

Mas isso não chega a ser prejudicial. Comestíveis com níveis elevados de THC também podem gerar o sintoma. 

Tratamento para Glaucoma

A influência do THC na pressão intraocular é o motivo pelo qual a cannabis é cogitada para o tratamento para glaucoma, por exemplo, que nada mais é que a pressão intraocular degradando o nervo óptico. 

Contudo, mais pesquisas precisam ser feitas para que a planta de fato seja uma alternativa.

Mas para contornar a situação dos olhos vermelhos, muitos mudam algumas de suas práticas, como a escolha de cepas com menos THC, o uso de colírio e a hidratação do corpo, com bastante água. 

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias