• 4 de julho de 2022

Principais dúvidas na hora de tomar CBD

 Principais dúvidas na hora de tomar CBD

Foto: iStock

O uso terapêutico da cannabis ainda gera várias dúvidas, como o horário certo ou se é possível utilizar o óleo de barriga vazia. Você tem outra dúvida?

A cannabis é um meio de tratamento relativamente novo no Brasil. Para se ter uma ideia, ele só foi regulado em 2015, quando as importações de produtos à base da planta foram finalmente autorizadas.

Desde então, produtos à base de cannabis são cada vez mais utilizados no país. Segundo a Associação Brasileira de Indústria de Cannabis (BRCann), mais de 33 mil pessoas passaram a usar a cannabis nos dois primeiros anos da pandemia de COVID-19.

Contudo, o canabidiol (CBD) possui uma variedade de concentrações, que são usados para diferentes condições médicas. Conversamos com o médico-cirurgião Rafael Pessoa que nos ajudou a tirar as dúvidas. 

Foto: iStock

Tratamento personalizado

Antes de tudo, é importante entender que a cannabis funciona de forma singular em cada um. Um óleo para ansiedade, por exemplo, pode não ter o mesmo efeito em duas pessoas com o problema.

Entender a dose e até o óleo correto pode demorar meses, por isso o acompanhamento de um médico é tão importante. 

Caso precise de ajuda, há uma equipe com um atendimento especializado que poderá esclarecer dúvidas, além de auxiliar desde a prescrição até a importação do produto. Clique aqui.

1. Posso tomar o óleo em jejum?

A forma mais comum de utilizar a cannabis medicinal é através do óleo, que precisa ser administrado de forma sublingual (embaixo da língua).

Segundo o médico-cirurgião Rafael Pessoa, é lá que estão as correntes sanguíneas, por onde a cannabis entra diretamente no organismo. Isso tira a necessidade de ser metabolizada pelo fígado.

Por isso, não há problema em tomar o óleo em jejum ou depois de uma refeição. 

“O que acontece é que há a possibilidade de ficar alguns resquícios do óleo, que podem ser melhor absorvidos depois da alimentação”, ressalta o médico.

Isso porque a cannabis é hidrofóbica, ou seja, ela não pode ser dissolvida em água, mas em algum tipo de gordura. Uma vez que o paciente come algo com gordura, a cannabis é mais absorvida pelo corpo. 

2. Há uma rigorosidade no horário de tomar CBD?

Alguns médicos estipulam um horário determinado para tomar o CBD. Contudo, segundo  o médico Rafael Pessoa, isso não é necessariamente uma regra. 

Diferente de antibióticos, em que há uma rigorosidade no horário,  produtos à base de cannabis só precisam ser administrados um tempo antes dos efeitos esperados.

“Se você quer tomar o CBD para a insônia, por exemplo, você precisa tomar uma ou duas horas antes de dormir”, ressalta o médico. 

3. Quanto tempo para o canabidiol fazer efeito?

 Existem vários métodos de administração de CBD que vão desde comida, inalação e uso tópico, que também podem influenciar na demora para o óleo fazer efeito.

Absorção sublingual –  Ele demora até 30 minutos para fazer efeito.

Ingestão – Aqui, o processo de absorção do organismo vai ser mais demorado, de 30 minutos a uma hora, mais ou menos. Embora possa ser ingerido com o estômago vazio, o mais recomendável é que a barriga esteja cheia, para que as enzimas não reduzam demais a potência do CBD durante a digestão.

Inalação –  A maneira mais rápida de obter os efeitos do canabidiol é inalando. Seja através do fumo ou da vaporização, ele entra diretamente nas correntes sanguíneas através dos pulmões e faz efeito nos minutos seguintes ou até meia hora depois. 

Tópico – Embora os efeitos demorem mais para acontecer, eles também são mais duradouros.

 

 

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias